fotos

fotos
nossas

Seguidores

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Hoje eu vou falar sobre algumas diferenças criadas no swing, não se sabe como.


Hoje eu vou falar sobre algumas diferenças criadas no swing, não se sabe como.

Eu tenho visto muitas pessoas falando o seguinte, q o swing hoje já não é o mesmo, realmente, em seis anos q estou no swing vi muitas coisas mudarem, como por ex. os shows de stripper dentro das casas de swing. Os shows antes eram mais interativos, mais picantes existia realmente um show feito para casal, onde o stripper tocava nas pessoas e se deixava tocar, tanto masculino quanto feminino eram show às vezes q chegavam a beirar o sexo, e isto estimulava o sexo, tanto q muitas das vezes o casal ficava esperando o show acontecer para depois ir ferve, ai por reclamações alheia q ninguém sabe quem reclamou, hoje os shows são bem burocrático, vc para interagir tem q pegar um guia na gerencia assinar um monte de coisas rssssssss, brincadeira gente, mas esta um show sem interatividade nem nada, muitas das vezes se vc colocar a mão numa stripper ela faz cara feia e tudo como se ela não pudesse ser tocada, antes a interatividade entre os stripper e casais era tanta q eles se tornavam amigos e seguidores e tbm quando era aniversario de algum casal eles ligavam para as casa para pedir um show de um determinado stripper da sua preferência. Esta foi uma das mudanças q eu vi vamos a outras.

Outra mudança q chegou e chegou forte foi à mudança de classe social no swing, talvez esta seja a q tenha mais assustado os casais mais antigos, houve uma época q o swing era meio elite nas casas de swing, não no mundo do swing, pq eu falo isto?? É simples o swing antes de surgir às casas de swing era feito entre amigos com o mesmo desejo, sexo e fantasias, então ele era feito na casa de ricos e pobres, só q muitas das vezes estes grupos mantinham uma certa distancia e ignoravam-se, mas com a chegada das casas de swing o publico mias elitizado começou a freqüentar, pois isto cabia no bolso deles, então era poucas casas de swing, e se tinha a impressão q tinha muita gente e todo mundo se conhecia, nem q seja de vista mais se conhecia, mas ai veio novas casas de swing e isto se abre a tão temida concorrência, e estas casas começam a buscar clientes em todos os lugares, e quem acabou descobrindo este mundo secreto do swing, quem??
Os jovens e a classe media mais baixa, isto assustou os freqüentadores mais antigos de casas de swing, q começaram a rotular as pessoas como curiosos, como molecada e outras coisas, e com isto as casas ganharam mais publico, um publico q às vezes realmente não sabem se comportar q realmente tem pessoas curiosas, tem molecada, e ai os casais começaram a defender q as casas de swing deveriam cobrar mais caro, para selecionar as pessoas.

 Só q hoje esta acontecendo outro tipo de coisa, esta seleção não virou uma seleção do mundo swing, virou uma seleção social, e a coisa esta neste pé hoje, a casas continuam com casais mais elitizados, mas continua entrando curiosos e molecadas e pessoas sem noção, enquanto q os casais de classe mais baixas vão apenas uma vez por mês nas casas, e estão cada vez mais procurando festa particulares, aonde vc chega e realmente 90% das pessoas numa festa particular são casais reais, seja festa de rico ou de pobre. Só q isto tem acontecido de uma forma q divide cada vez mais o publico swing, pq aqueles q defendem q a coisa tem q ser cara, acham q um pedreiro uma garçonete, uma empregada ou um empregado não tem o direito de ser swing e por isto não devem estar numa casa de swing. Eu tenho a seguinte opinião sobre isto, não defendo nenhum lado nem o outro, eu não acho q as casas de swing devem ter q abaixar os valores das bebidas, mas acho q deveria melhorar o valor das entradas para este publico q se afastou retorne as casas de swing, pq é simples, os casais reclama e tudo deste pessoal, mas quando eles chegam numa casa de swing e esta vazia eles mesmos são os primeiro a meter pau, só q quando chegam numa casa q esta cheia de gente animada, pq este publico é bem animado e gosta de fazer sexo, ninguém reclama da noite a não ser alguns, q vão só à busca de beleza física. Ai vc pode falar a mais tinha gente mal vestida la dentro, tinha muita gente esquisita, eu falo para vc o seguinte é um pessoal esquisito na casa, é esquisito por talvez não esta acostumado a ir numa casa de swing, então é esquisito na forma de se vestir, é esquisito de cuidar do corpo, mas uma coisa eles tem de bom, trazem alegria e sexo para casa, e talvez ali não tenha uma pessoa para vc fazer sexo, pq não tem o seu perfil para sexo, mas vc pode encontra ali uma pessoa muito divertida no qual vc venha a rir a noite inteira fala besteira, brincar coisa q vc não faria em outro lugar. Diferente de hoje q muitas das vezes tem pessoas belas muito bem arrumadas, mas q não tem a menor noção do q seja swing e que não trazem a menor alegria para casa. Swing não tem classe social, swing é um estado de espírito seja ele dono de alguma coisa ou simplesmente um empregado.

Outra mudança q aconteceu antes todas as casas de swing tinham vários casais fieis as casas de swing, pq se identificavam com o publico ou com a casa de swing, hoje vários casais se tornaram nômade, não tem uma casa certa, eles vão onde eles acham q vai estar boa aquela noite, e os poucos casais q continuam fieis a certas casas e estranha isto, cada dia tem um publico diferente na casa, tem vários casais q defendem um valor mais alto justamente para não acontecer isto, só q com isto a casa fica fazia sem muita animação e estes mesmo casais fies vão a procura de outras casas buscando mais emoções, então tem casal q se torna fiel a uma casa acha q o valor tem q ser mais alto começa a divulgar a casa ganha suas vantagens, como vip e outras coisas, só q na hora q a casa começa a cair o movimento é o primeiro a tirar o time de campo.

Eu freqüentava uma casa de swing no qual mais tarde eu comecei a trabalhar nesta casa, e o dono e a dona tinha a seguinte visão do swing. Swing é coisa de rico, nós não gostamos daqueles casais de 90 reais, ou seja, aquele casal com poder aquisitivo mais baixo, mas q gosta de ir à casa de swing, a casa foi uma das primeiras casas de swing, a casa era muito bem freqüentada no inicio dela, só q foram surgindo novas casas e estas casas abriam um leque muito grande, e começou a ir muitas pessoas nas outras casas, resultado mesmo aqueles ricos q iam à casa, começaram a ir em outras casas a procura de mais gente mais animação, resultado a casa caiu no esquecimento, eles continuarão naquilo não gostamos de casal de 90 reais.

 Outra mudança, antes todas as casas para puxar o publico ofereciam um serviço diferenciado das baladas, q era o café da manha um serviço q era bem legal, pq porra vc fez sexo a noite inteira, bebeu, dançou no final da noite vc já esta fraco cansado e este café da manha servia para isto, e tbm servia muitas das vezes como um bate papo onde os casais se conheciam e marcavam para se encontrar de novo naquela mesma balada, não era só um café da manha, era tbm um ponto de encontro onde se acabava fazendo amigos e grupos de amigos dentro do swing, é como funciona hoje o fumodromo dentro das casas de swing, só q com uma diferença o fumodromo hoje só vai la quem fuma no café da manha se reunia todo os casais, parece besteira mais não é!! Da toda uma diferença, pq vc conversando vc percebe quem é casal montado ou é iniciante o q é muito diferente de ser curioso.

Outra coisa q mudou e muito no swing foram os grupos, quando entrei já existia vários grupos de swing, mas um em especial predominava era o grupo SL, e o legal q mesmo existindo vários grupos todos mais ou menos tinham as mesmas idéias e pregavam o swing daquela época, mas ai veio à divisão deste grupo, q se transformou em outros grupos, e com isto começaram a surgir os sites de relacionamento q antes tbm só tinha um de grande porte, era o Orkut, e ali não tinha muita divisão, pq o Orkut era liberado para qualquer um entrar no meio, isto ajudou e muitoooooooooooooooo a crescer e divulgar o swing, só q o Orkut começou com uma putaria de excluir os casais, e muitas das vezes isto aconteceu pq os próprios casais com raiva um do outro denunciava uns aos outros, tipo denunciavam fotos, denunciavam mensagens só por birrinha boba.
 Ai veio os sites de relacionamento q é bom e é ruim, é bom pq uni as pessoas entorno de uma coisa só o swing, é ruim pq começou uma guerra boba entre alguns integrantes destes grupos como se fosse torcida organizada, meu time é melhor q o seu, quem é deste time não presta, só o meu time q presta, gente swing não é time de futebol, swing são pessoas q curtem a mesma coisa, sexo e fantasia, tem site q acham q o swing tem q ser uma coisa secreta onde para entrar um tem q apresentar, já tem site q acha q o swing deve ser aberto onde todo mundo pode entrar e se tornar o swing, pois é uma seleção natural de acordo com q vc conversa com uma pessoa, vc sabe se esta pessoa vai se torna um swing ou não, tipo vc não vai ver uma pessoa num site q vc nunca viu nem conversou e chegar e falar ai vem aqui em casa fazer um swing, se vc é do tipo de pessoa q faz isto, vc sabe q corre um risco de se dar bem ou não, eu por ex. gosto muito de tc saber a fantasia da pessoa e marca uma balada, de preferência numa casa de swing, pq la vc conversando vc vai ver se tem afinidade ou não com aquele casal, ou se é um casal montado ou não, e isto é seleção natural, eu não espero q nenhum site faça isto por mim, pois eu tenho meu estilo, e sei melhor q ninguém q vai ser bom para mim ou não, quem vai se torna meu amigo ou não, ou se vai ser um sexo só naquela noite ou não.
Eu falo isto pq sou gerente de um site, q acha q deve ser aberto para o swing crescer mais ainda, mesmo com todas estas mudanças, afinal de contas o mundo vive de mudança.
Vou dar um ex. outro dia marcamos um jantar na casa de uns amigos uma coisa meio q fechada, o q era para ser só um jantar entre amigos se tornou algo maior deu 13 casais, e do nada ligou um casal q ficou sabendo deste jantar, e perguntou se podia ir, e nós falamos a pode já virou festa mesmo, e o casal chegou no jantar q era para ser só 5 casais, e o cara já chegou imaginando q ia só rolar sexo, e não rolou!! O pessoal estava a fim de bater papo se conhecer estas coisas gostosas, e este casal ficou meio q sem clima, e conversa vai conversa vem à mulher falou q não era mulher dele, q era uma amiga dele q curtia sair ir para uma balada diferente, na boa continuamos conversando já sabendo q ele não era casado com ela, e continuamos ali de boa, resultado o casal foi embora, e nunca mais vimos o cara, isto é seleção natural da vida, ele não se sentiu bem por estar somente entre casal, e o q ele queria era sexo e muitas das vezes o casal tbm esta a fim de um bom papo, talvez se ali estivesse algum casal q quisesse fazer sexo, eles fariam com eles mesmo sabendo q eles não eram casal, isto já vai de casal para casal eu não posso escolher a fantasia de ninguém e nem julgar ninguém pela fantasia deles.
Bem pessoal este assunto e outros assuntos estarão no meu blog.
 Este é o meu blog.
/

2 comentários:

  1. SARA OU SR FANFARRÃO.. SEUS TEXTOS SÃO BONS, MAS CANSATIVOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
    RS
    SOU PROFESSOR E AVALIO ISSO, MAS EM SUA COLOCAÇÃO FOI FOI MUITO FELIZ EM SUA COLOCAÇÃO..
    É VERDADE, O SWING NÃO TEM CLASSE SOCIAL.
    JÁ FUI CLASSE BAIXA, HOJE ESTOU INDO PRA CLASSE MÉDIA. E SENTI NA PELE O PROCONCEITO QUANDO FOMOS EU E MINHA ESPOSA NO MARRAKESH.
    VALEU PELOS TOQUES.
    ABRAÇOS

    SIMPLESMENTE
    DJ

    CASAL JULI E CELO - EMBU DAS ARTES SP

    ResponderExcluir